quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Acaso

"Cada um que passa em nossa vida,
passa sozinho, pois cada pessoa é única
e nenhuma substitui outra.
 
Cada um que passa em nossa vida,
passa sozinho, mas não vai só
nem nos deixa sós.
 
Leva um pouco de nós mesmos,
deixa um pouco de si mesmo.
 
Há os que levam muito,
mas há os que não levam nada.
 
Essa é a maior responsabilidade de nossa vida,
e a prova de que duas almas
não se encontram ao acaso. "

Antoine de Saint-Exupéry

5 comentários:

  1. Concordo, sendo que por isto que prefiro não aceitar determinados sentimentos (os negativos) para a minha vida...

    Hua, kkk, ha, ha, momento eu bancando o abusado.

    Fique com Deus, menino Uelton.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Eu penso assim, e tento aproveitar o máximo essas passagens.

    beijo

    ResponderExcluir
  3. Muito verdadeiro esse poema. Acho também que nos transformamos a partir do que vivemos, de quem conhecemos... Deixo um pouco de mim aqui... Rsrs.

    Beijos, menino.

    ResponderExcluir
  4. Oi,Uelton!Cada dia mais tenho certeza de que nada,mas absolutamente nada mesmo acontece nessa vida por acaso.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  5. Não...

    Duas almas jamais se encontram por acaso.
    Dá um medo isso, não?

    : )

    Beijo!

    ResponderExcluir